Arquivo da tag: lareira

Especial Campos do Jordão (II)

ECOPARQUE PESCA NA MONTANHA

Continuando o especial sobre campos do jordão, aqui vai minha impressão sobre um dos meus locais favoritos: Ecoparque Pesca na Montanha. E atividade é o que não falta por lá, tem arqueria, arvorismo, tirolesa, trilhas, passeio de cavalo, aluguel de mountain bike, artesanato, e, claro, a pesca de trutas. O Parque é bem bonito, e garanto que não se morre de tédio. É claro que cada atividade tem o seu preço, mas pra quem gosta do contato com a natureza, vale a pena passar o dia por lá.

POUSADA

Tem também a pousada, que conta com alguns chalés bem confortáveis, ideal para meu perfil. Os chalés são agrupados dois a dois, mas conseguem manter privacidade, ficam numa parte mais alta do terreno, com vista para o lago.

Apesar de serem projetados inicialmente como pousada para os pescadores (a cama de casal é feita com a junção das duas camas de solteiro mas são bem confortáveis), consegue ter sim um clima romântico, o quarto bem espaçoso, cama bem ampla, com lençóis e travesseiros macios, uma varanda grande também,e com uma poltrona e um pufe para tirar proveito da lareira, com uma boa quantidade de lenha, bem diferente de outros lugares, que oferecem uma mixaria.

A TV é pequenina e a quantidade de canais é limitada, mas não fazem falta. Pros Internet addicted uma péssima notícia, lá não fornecem acesso, e nem tem sinal de celular, mas é ótimo pra quem quer se desligar totalmente do mundo urbano.

Tem uma banheira muito boa com chuveiro bem quente e generoso, no estilo americano, e com o mimo do aquecedor de toalhas, quase indispensável numa noite fria.

A pousada não tem lobby, a recepção fica na lanchonete do parque, mas em compensação tem um ambiente no restaurante bem acolhedor, com uma grande lareira, um bom sofá pra se esparramar, fazer leituras, jogar um joguinho disponível para emprestar, ou contar causos pros amigos.

fonte: site pesca na montanha

O Café da manhã é normal, com frutas, bolos, pães, frios, suco, mas o diferencial é poder pedir ovos mexidos, queijo quente feitos na hora.

É ideal pra quem quer se desligar um pouco do clima da cidade, e gosta de muitas atividades ao ar livre, e gosta do clima de friozinho da montanha. O grande problema é a distância da cidade, quase 20km de estrada asfaltada, mas bem sinuosa e estreita.

RESTAURANTE PESCA NA MONTANHA

Para repor as energias que se gastam nas atividades do parque, pode-se contar com o restaurante do parque, que em finais de semana e feriados no almoço, oferece um Buffet com saladas, pratos com trutas, uma área de massas e sobremesas. Nos demais horários, tem o sistema A La carte.

fonte: site pesca na montanha

Pra quem gosta de muita quantidade de comida, o buffet é perfeito, tem muitos pratos com ingredientes locais como o pinhão, truta criada no próprio lugar, alguns pratos gourmet criados pelo Chef Bijou, mas nada muito marcante ou imperdível. Talvez, os patês feitos com truta defumada e o acarajé de truta chamem mais atenção, então talvez valha mais a pena os pratos À La carte, mas corre-se o risco de ter seu prato preparado com a comida exposta no bufê. Fora dos horários de Buffet, uma boa escolha foi o velouté de truta defumada e a truta com molho de amoras.

O Salão do restaurante é bem agradável, decorado com muita madeira, com uma varanda bem ampla para quem quer saborear sua comida ao ar livre de frente com o lago.

Pra quem já está aproveitando o dia no parque é um bom restaurante, mas um pouco caro.

Preços: Pousada em torno de R$ 210,00 o casal com café da manhã e  o Buffet em torno de R$ 50,00 por pessoa.

http://www.pescanamontanha.com.br

Estrada da campista, km 18 Entre Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí.

Atentem para o horário de funcionamento durante a baixa temporada: Abrem de sexta a domingo.

Anúncios